sábado, 21 de novembro de 2009

Castelo de Coca


Nas férias do Carnaval de 2004, depois de termos estado em Trás-os-Montes, fomos fazer uma pequena incursão por terras de Castela e Leão. Após termos pernoitado em Valladolid, seguimos em direcção a Segóvia. Mas, antes, passamos pelo "ayuntamiento" de Coca, com o intuito de visitar o espectacular castelo, considerado um dos melhores exemplares do gótico-mudéjar espanhol.


A fortaleza foi construida entre 1464 e 1473, sob as ordens do mestre Alí Caro.
 Vimos, pela primeira vez, uma foto do castelo num guia de viagem sobre Espanha e ficámos, desde logo, com a vontade de o visitar logo que fosse possível.


Infelizmente, à hora que chegámos, o castelo estava encerrado para almoço. E porque queríamos também ter tempo para visitar Segóvia nesse dia, acabámos por ver a estrutura só de fora.


É impressionante o fosso que rodeia todo o perímetro do castelo, sendo uma forma de suprir o facto dele não estar assente sobre uma zona elevada.


Em Coca, apesar de ser um pueblo relativamente pequeno, existem outros motivos de interesse para além do castelo. Por exemplo, estas figuras zoomórficas pré-romanas, que representam animais ruminantes.


Também podemos ver a Igreja de San Nicolás, que data pelo menos do século XIII, e da qual só já resta a torre.

Nesse dia de Fevereiro, o tempo estava instável e ameaçava chuviscos. O que, de facto, veio a acontecer.


Aspecto da extensa planura de Castela, vista dos arredores de Coca, com a Sierra de Guadarrama ao fundo, com neve nas partes mais altas.

1 comentário:

  1. Olá Graça e Paulo!
    Desconhecia este castelo, que a ver pelas fotos é encantador. Já o anotei para uma próxima oportunidade.
    Um abraço

    ResponderEliminar